09 junho 2013

Desejo

   Eu gosto do seu abraço dengoso, do beijo lento que me preenche a alma, da tua mão suave que percorre minha nuca. 
Mas gosto, perceba, do meu cabelo puxado, de uma revoltosa agarrada, de sexo bem feito. 
   Difícil, neste mundo de princesas ou bandidas, se equilibrar. Difícil pra você, talvez, ler o gosto do meu desejo, a vontade do meu "pecado".
   Eu gosto do seu beijo lento mas preciso da tua boca ardente, ou me apago. Preciso do seu corpo quente, ou congelo, desfaço.  

2 comentários:

Clayton Ferreira disse...

Caramba me arrepiei todo . Muito bom o texto. =)

Denise_Liv disse...

:)